quinta-feira, 11 de julho de 2013

A capital do meio do mundo: Macapá

Do avião, ainda no hemisfério norte eu via: O hemisfério sul, Macapá, o rio Amazonas e claro: a pista de pouso!
Mar Amazonas. Não, não, Rio!
Uma semana depois de chegar no Brasil estou dentro do cessna sozinho e escuto no rádio, pela primeira vez em Portugês: “November 55473, decolagem autorizada.” Confiro minhas luzes, aciono o transponder. Mistura: Rica. Ar quente do carburador: Fechado. Gradualmente empurro a manete de potência e aos poucos o motor do avião mostra sua força e ganha velocidade. Quando o ponteiro do velocímetro marca 55 nós eu deixo que o avião se suspenda pelo ar e de repente o chão vai ficando cada vez mais longe. Me sinto colocando um óculos para assistir o mundo em 3D. Na minha frente o rio Amazonas, como um oceano, de água doce. Ele é o maior rio do mundo em comprimento, mas não é isso que me impressiona. Da minha perspectiva é impossível saber que ele nasce lá no Peru e deságua quase sete mil quilômetros depois. Sua largura é o que chama atenção. Quando eu cheguei na semana passada em Macapá, até o Don achou que estávamos na costa de algum mar. Lá do chão é quase impossível ver a outra margem. Esses dias em que fiquei agarrado no Amapá, fui para a beira do rio quase todos os dias. É lá que toda atividade acontece, e foi lá que eu matei minha vontade de comer a nossa deliciosa comida brasileira. Depois de tanto tempo fora, um arroz com feijão parecia meu manjar e eu um deus. De bucho cheio, restava ficar admirando o rio. Ver as pessoas caminhando, as crianças fazendo arruaça, os meninos jogando bola na margem enquanto a maré baixava e no fim de quase todas as tardes, quando o vento ganhava mais força, dezenas de pessoas fazendo kitesurfing. A surpresa para mim foi saber que eu podia ir do hemisfério norte pro hemisfério sul, sem sair daquela cidade, e caminhando! Na verdade com apenas um passo você muda de hemisfério, já que Macapá é a única capital brasileira a ser cortada pela linha do equador!

Essa foto é quase um cliché do Brasil no exterior: Meninos jogando bola no Rio Amazonas.
Kitesurfing no Rio Amazonas
Do hemisfério norte ao sul, com apenas um passo!
Como a perspectiva de ficar agarrado em Macapá era maior que o previsto, o Don acabou voltando para os EUA e o Rafael seguiu pra Bahia de avião comercial. Outros pilotos também estavam agarrados e  me disseram que eu teria que ficar lá por no mínimo uma semana mais. A ANAC (ou Anarc como diz meu amigo Kamal) é a pedra no sapato de todo piloto brasileiro. Eu não imaginava que os empecilhos que ela colocaria na minha vida cresceria de uma pedrinha no sapato para uma rocha na frente do avião (como na frente de tantos outros). Na espera eu comecei a estudar minhas opções e me descobri literalmente ilhado. Macapá não se liga a nenhuma outra capital do Brasil por estradas e se não for pelo rio não há quase nenhuma opção. Uma delas seria pegar um ônibus e seguir mais de 500 km de estrada para chegar em Oiapoque (pra dizer que já fui lá) ou eu poderia simplesmente pegar um barco e visitar minha amiga Jô, em Manaus. Seriam apenas 6 dias de viagem pelo rio Amazonas passando por Santarém e confesso que já estava começando a ficar animado com a possibilidade quando soube que o cessninha estava liberado. 

Graças a Tower, empresa despachante recomendada pelo amigo Kamal, acabei conseguindo minha permissão de voo antes do que sairia normalmente com o conflito que a ANAC estava arranjando. Todo o processo de exportação tem sido conduzido com maestria pelo Luiz e o Rafael que trabalham por lá. A comunicação por quase um ano foi quase diária e já sentia que os conhecia sem mesmo nunca ter visto o rosto deles. Responderam todos os e-mails e trabalharam em todos os detalhes com muito profissionalismo e eficiência.

Fortaleza São José
De olho nos navios inimigos no Rio Amazonas: Fortaleza São José
Mais fotos: Clique aqui.

2 comentários:

  1. QUE FELICIDADE!!!!!!!!! UMA INVEJA BEM SAUDÁVEL!!!!

    ResponderExcluir
  2. Amei. Minha cidade Macapá!! Adorei suas aventuras, ja está marcado como meu blog favorito aqui. rsrs Abraços

    ResponderExcluir